Diário de um Crohnista

Novo medicamento promissor no tratamento da Doença de Crohn

  • Internacional
  • Tratamento

A cada ano que passa, uma nova descoberta ou tratamento surge para nos ajudar a levar a vida com a doença de Crohn ou retocolite. Há um tempo atrás o novo medicamento Vedolizumabe ganhou destaque pelos seus ótimos resultados no tratamento da doença de Crohn, que aliás já chegou ao Brasil. Mas isso é assunto para outro post. Hoje eu gostaria de falar sobre o novo medicamento da Celgene, ainda na fase de teste chamado GED-0301.

O comprimido experimental contra a doença de Crohn ajudou mais pacientes do que os analistas esperavam, o que deve aumentar a confiança dos investidores nas chances de aprovação do medicamento. Foi constatado com endoscopia que 37% de 63 pacientes tiveram uma melhora de 25% ou mais da pontuação que mede a saúde dos intestinos após tomar o remédio.

O grupo com mais tempo de tratamento, 12 semanas, apresentou os melhores resultados, com 48% em remissão, afirmou a Celgene. A fabricante de medicamentos também realizou testes em períodos de oito e de quatro semanas. Além de ter resultados notáveis em um outro teste em estágio intermediário, em que mais de 60% dos pacientes chegaram a remissão após uma dosagem mais elevada. Contudo, esse teste se baseou nos sintomas relatados pelos pacientes, sem que fossem feitos exames para se comprovar.

O tratamento da Celgene funciona com a promoção de uma proteína no intestino para ajudar a controlar células imunológicas que atacam o sistema digestivo de pacientes com a doença de Crohn. Especialistas esperam que uma parcela de 1/4 ou mais dos pacientes apresente a melhora com esse novo medicamento. Apenas para ressaltar, o medicamento ainda está em fase de teste e não tem previsão para entrar no mercado.

Fonte: Economia Uol

Comentários

comentários

Sobre mim

Meu nome é Sérgio Junior, eu tenho 25 anos e sou portador da Doença de Crohn desde 2014, uma Doença Inflamatória Intestinal (DII), autoimune, sem cura e com causa desconhecida. Mesmo com a doença, pude conquistar muitas coisas e hoje ter uma vida normal. Criei esse blog pra ser mais uma fonte de informação, ajudar os outros portadores, divulgar as DII’s para sociedade e mostrar que é possível viver bem com uma DII.